Um projeto de lei do Executivo de Lajeado e que tramita na Câmara de Vereadores regulamenta os serviços do Uber no município. A proposta desagrada integrantes do Movimento Direita dos Vales. Felipe Milani e Paulo de Tarso concederam entrevista ao Programa Encontro Maior da Rádio do Vale e apresentaram as razões pela quais são contrários à matéria. Eles afirmaram que são favoráveis à manutenção do Uber, mas não querem a regulamentação, que elevaria os valores do transporte.

Ambos apontam que o projeto restringiria o número de veículos, pois os carros precisariam ter o ano de fabricação a partir de 2014. O MDV cita que a proposta estaria equiparando o Uber aos Táxis, que também possuem uma lei municipal que traz exigências excessivas.

Os integrantes do movimento explicam ainda a existência de uma lei federal que indica que cada município pode ou não regulamentar o Uber, o que não torna o trabalho ilegal onde não houver a legislação.

Felipe Milani e Paulo de Tarso também lamentam o desconhecimento dos vereadores quanto ao funcionamento do Uber. Estima-se que, atualmente, cerca de 20 motoristas oferecem os serviços em Lajeado. GL

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here