Rio Grande do Sul é o estado com maior incidência de HIV e Sífilis em bebês

Serviço de Assistência Especializada realiza trabalho para evitar a transmissão das doenças aos recém-nascidos em Estrela.

Fotos: arquivo Rádio do Vale

O Ministério da Saúde divulgou levantamento que aponta o Rio Grande do Sul como o estado com maior incidência de HIV e Sífilis em bebês. O Serviço de Assistência Especializada de Estrela realiza um trabalho de conscientização de gestantes e parceiros para a importância dos exames do pré-natal em ambos. A coordenadora do SAE HIV/Aids, Maria de Lourdes Wermann, concedeu entrevista ao Programa Realidade da Rádio do Vale e citou que mais de 75% dos parceiros de gestantes não fazem os testes de triagem. Ela explica que existem casos no Vale do Taquari de transmissão para recém-nascidos. As situações ocorrem durante o período de amamentação ou por parceiros que não realizaram os exames.

Ouça a entrevista

Maria de Lourdes Wermann relatou que as consequências para os bebês são a internação e o acompanhamento por, pelo menos dois anos.

O trabalho de conscientização dos parceiros das gestantes é feito pelo SAE e o atendimento ocorre na av. Rio Branco, 1127, de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h, onde são feitas as testagens rápidas para HIV, Sífilis, HCV e HBV. Informações pelo 3981-1137 ou 3981-1170. GL

Assista o Programa Realidade desta sexta-feira, 7 de junho de 2019.

REALIDADEApresentação: Júlio César Lenhard, Gilson Lussani e Lauro Schmitt

Rádio do Vale AM820 发布于 2019年6月7日周五


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here