O governo do Rio Grande do Sul vai garantir a retomada do monitoramento eletrônico nas estradas, aplicando R$ 5,8 milhões nos contratos com as empresas Perkons e Fiscaltech.

Conhecidos como pardais, os equipamentos da Fiscaltech serão instalados em sete rodovias: ERS-135 (Passo Fundo – Erechim); ERS-324 (Passo Fundo – Nova Prata); ERS-342 (Ijuí – Cruz Alta); RSC-153 (Passo Fundo – Tio Hugo); RSC-287 (Montenegro – Santa Maria); RSC-470 (Nova Prata – Bento Gonçalves); e ERS-122 (São Vendelino – Farroupilha).

Já os radares da Perkons ficarão nas seguintes rodovias: ERS-030 (Osório – Tramandaí); ERS-040 (Viamão – Pinhal); ERS-122 (Portão – Caxias do Sul); ERS-239 (Novo Hamburgo – Rolante); ERS-240 (São Leopoldo – Montenegro); ERS-389 (Osório – Torres); e RSC-453 (Venâncio Aires – Tainhas).

Os locais exatos onde serão instalados os equipamentos não são informados por questão de segurança.

Além de controlar a velocidade, os equipamentos também contribuem na identificação de veículos roubados, uma vez que ocorrerá a leitura das placas e cruzamento das informações com os dados da Secretaria da Segurança Pública.

A assinatura da ordem de início dos serviços para a instalação deve ocorrer ainda nesta semana.

Os contratos têm vigência de 24 meses, podendo ser prorrogados por igual período. MS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here