O governo do Rio Grande do Sul vai garantir a retomada do monitoramento eletrônico nas estradas, aplicando R$ 5,8 milhões nos contratos com as empresas Perkons e Fiscaltech.

Conhecidos como pardais, os equipamentos da Fiscaltech serão instalados em sete rodovias: ERS-135 (Passo Fundo – Erechim); ERS-324 (Passo Fundo – Nova Prata); ERS-342 (Ijuí – Cruz Alta); RSC-153 (Passo Fundo – Tio Hugo); RSC-287 (Montenegro – Santa Maria); RSC-470 (Nova Prata – Bento Gonçalves); e ERS-122 (São Vendelino – Farroupilha).

Já os radares da Perkons ficarão nas seguintes rodovias: ERS-030 (Osório – Tramandaí); ERS-040 (Viamão – Pinhal); ERS-122 (Portão – Caxias do Sul); ERS-239 (Novo Hamburgo – Rolante); ERS-240 (São Leopoldo – Montenegro); ERS-389 (Osório – Torres); e RSC-453 (Venâncio Aires – Tainhas).

Os locais exatos onde serão instalados os equipamentos não são informados por questão de segurança.

Além de controlar a velocidade, os equipamentos também contribuem na identificação de veículos roubados, uma vez que ocorrerá a leitura das placas e cruzamento das informações com os dados da Secretaria da Segurança Pública.

A assinatura da ordem de início dos serviços para a instalação deve ocorrer ainda nesta semana.

Os contratos têm vigência de 24 meses, podendo ser prorrogados por igual período. MS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here