Um dos efeitos da estiagem no Rio Grande do Sul foi a perda das plantações de milho. Muitos produtores rurais viram suas lavouras subsidiadas através do Programa Troca-Troca totalmente improdutivas. Para minimizar os prejuízos, a reivindicação da Frente Parlamentar da Agropecuária Gaúcha na Assembleia Legislativa era a isenção total dos valores que são devidos pelos agricultores. O presidente da comissão, Edson Brum, do MDB, concedeu entrevista ao Programa Encontro Maior da Rádio do Vale e lamentou que apenas parte da dívida foi anistiada. O Deputado afirmou que faltou sensibilidade ao Governo do Estado e força ao Secretário de Agricultura.

Ouça a entrevista

Edson Brum lembrou que o Governo Federal repassou a primeira de quatro parcelas de R$ 486 milhões para combater a pandemia do novo coronavírus. Deste montante, 30% deve ser usado na saúde e 70% como recursos livres. Por isso, o parlamentar considerou uma “merreca” os R$ 17 milhões que eram solicitados para o setor primário.

Segundo o Deputado Estadual, a maior parte dos valores foi usada na folha de pagamento. Ele explicou que a iniciativa não é ilegal, mas deixa descontente outras áreas que necessitam de incentivos, entre elas a da Agricultura. GL

Acompanhe o Programa Encontro Maior desta quarta-feira, 17 de junho de 2020.

ENCONTRO MAIORApresentação: Renato Worm

Publicado por Rádio do Vale AM820 em Quarta-feira, 17 de junho de 2020

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here