A solicitação indevida do auxílio emergencial de R$ 600 motiva o PDT a verificar a situação dos filiados à sigla. Integrante da Executiva Estadual do partido, o ex-prefeito de Arvorezinha, José Scorsatto concedeu entrevista ao Programa Encontro Maior da Rádio do Vale e afirmou que cabe à toda a sociedade fazer a fiscalização. Além da área política, ele entende que servidores públicos que agiram de forma fraudulenta devem ser afastados de suas funções.

Ouça a entrevista

José Scorsatto disse que levará o tema à próxima reunião da Executiva no Rio Grande do Sul. GL

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here