Decisões judiciais determinam a proibição das aulas presenciais em escolas públicas e privadas no Rio Grande do Sul enquanto for mantida a bandeira preta do Sistema de Distanciamento Controlado. O afastamento dos estudantes das salas preocupa diversas lideranças que se mobilizam para que o Governador Eduardo Leite retire a atual classificação para todas as regiões ou determine que o sistema de cogestão tenha a liberdade de legislar sobre a área da educação.

Ouça a entrevista:

O deputado estadual do Novo, Fábio Ostermann, concedeu entrevista ao Programa Encontro Maior da Rádio do Vale e relatou que o prejuízo do período sem aulas presenciais será constatado no futuro. Ele afirmou que haverá menos jovens qualificados no mercado de trabalho, resultando em piores oportunidades em até 15 anos.

O parlamentar explicou que a revogação da bandeira preta é urgente e dados do distanciamento controlado apontam que já é possível passar a classificação para a bandeira vermelha, o que viabilizaria o retorno às aulas presenciais.

Nesta quinta-feira (15), o movimento “Gaúchos pela Educação” promove uma manifestação pelo retorno opcional das aulas presenciais. A caminhada com o uso de máscara e distanciamento sairá às 17h30 da Prefeitura de Lajeado e seguirá até o Posto Faleiro. GL

Entrevista no Programa Encontro Maior com Renato Worm

Foto: divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here