A Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul, FETAG, e Sindicatos dos Trabalhadores Rurais promovem a “Semana D de mobilização”. A iniciativa marca o posicionamento contrário do movimento sindical aos cortes aprovados na Lei Orçamentária Anual para 2021 e que implicam na redução de recursos destinados ao setor primário. A presidente do STR de Teutônia e Westfália e integrante da Regional Sindical, Liane Brackmann, concedeu entrevista ao Programa Realidade e informou que o corte de valores para equalização dos juros do Pronaf chega a R$ 1,35 bilhão. Ela relatou que a medida atinge em cheio os pequenos agricultores.

Ouça a entrevista

A redução no incentivo deve implicar na falta de dinheiro para investimentos nas propriedades, tanto para adaptações às normativas quanto para o custeio da produção.

A mobilização das entidades sindicais pretende sensibilizar os deputados federais a reavaliarem os cortes. O orçamento de 2021 deve ser sancionado até o dia 22 de abril. GL

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here