Agricultores familiares dos Vales do Taquari e Caí têm uma nova alternativa de renda através da floricultura de corte. Coordenado pela equipe Phenoglad da Universidade Federal de Santa Maria, com o suporte técnico e operacional da Emater/Ascar e apoio do Colégio Teutônia, o Projeto Flores Para Todos promoveu um Dia de Campo em Teutônia na última sexta-feira (06). Na ocasião, houve a troca de conhecimento sobre o desenvolvimento da atividade.

Ouça a entrevista

O engenheiro agrônomo, Lauro Bernardi, concedeu entrevista ao Programa Realidade da Rádio do Vale e relatou que o objetivo é desenvolver alternativas para os agricultores familiares, com um baixo custo de investimento. As flores como gladíolos e girassóis são fornecidos principalmente para eventos.

O projeto conta com a coordenação da Phenoglad, que fornece o material genético para as propriedades que sediam os dias de campo. Lauro Bernardi citou que são observados os procedimentos de plantio, manejo e colheita.

Fotos: Alexandre Costa

O projeto Flores Para Todos já beneficiou mais de 200 famílias e atualmente é desenvolvido em seis Estados do País, entre eles o Rio Grande do Sul. Mais informações podem ser obtidas nos escritórios municipais da Emater/Ascar. GL

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here